06/07/2010

Para não dizerem que copiei CSI Las Vegas by Tarantino

_________________

Trecho de minha peça inédita Vísceras, escrita em fevereiro de 2010:

(Médico e auxiliar.  Necrópsia)

Médico – Ah, veja! O coração. Que belo coração!

Auxiliar – Recebi de um homem um envelope. Está ali, no bolso do jaleco. O jaleco que está na cadeira.

Médico – Não falemos de outra coisa agora. Veja que belo coração ele tinha. Ah, um coração! Que parte sublime do corpus.

Auxiliar – O homem era um detetive contratado para seguir quem amo.

Médico – No Egito o coração do morto era pesado pelos deuses para saber quanto mal ele carregava, quanto mais pesado, pior. Veja o peso deste.

Auxiliar – Ele seguiu os passos dela por três dias. Apenas três dias.

Médico – Pesado, bastante pesado. Que pecador o senhor foi, hein?!

Auxiliar – E o motivo de minha desgraça está ali, fotografado.

Médico – Perdeste o direito a despertar um dia. Não poderá viver de novo neste mundo, mesmo que miseravelmente. Um sábio, o senhor.

________________________________

Ps.: Wladimir Cazé me alertou que o tal CSI é de 2005, mas sou um homem de TV aberta.

Anúncios

2 Respostas to “”

  1. é a taxa de sincronicidade/coincidência que toda obra tem que pagar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: